Título: Bruxas: Laços de Magia
Autora: Tiffany Calligaris
Livro #1 da saga Witches
Editora: Planeta (Selo Outro)
Número de páginas: 318
Skoob

O livro acompanha o dia a dia da universitária Madison Ashford, que cursa Design Gráfico na Universidade Van Tassel, em Boston. Ela está no segundo ano e divide um pequeno apartamento com sua melhor amiga, Lucy. Madison namora Derek, atleta da instituição, mas quando o misterioso e atraente Michael Darmoon inicia seu curso em sua classe, ela se sente estranhamente atraída por ele. Na mesma época em que Michael e suas exóticas primas, todos nascidos em Salem (a terra das bruxas), se mudam para Boston, situações bizarras começam a ocorrer no campus e Madison acaba sendo alvo de alguns desses acontecimentos. Este romance da best-seller argentina Tiffany Calligaris vai agradar a fãs de Harry Potter e Crepúsculo.

Eu nunca havia lido nada de literatura argentina, o que é até vergonhoso visto que moro perto da fronteira, mas infelizmente os livros argentinos não costumam ser muito populares por aqui e acabo lendo outras coisas. Quando esse livro chegou, achei a capa bacana, mas meio apelativa, porém me interessei porque adoro a temática de bruxas e acho que esse é um universo que ainda pode ser bem explorado nos próximos anos. Não costumo ser uma leitora de romances sobrenaturais adolescentes, mas me joguei na leitura desse e não me arrependi. 

O que achei que fosse ser uma história boba sobre mais um triângulo amoroso sobrenatural se transformou num livro que devorei em um dia. Sim, um dia. Literalmente não consegui largá-lo antes de finalizar a leitura porque precisava saber o que aconteceria com as personagens. 


Tiffany Calligaris se mostrou uma surpresa total porque ela transformou uma história que poderia ser apenas mais uma em um livro bacana, com muita referência histórica às bruxas de Salem e à perseguição que as bruxas sofreram ao longo dos anos. 

“[...] Gatos pretos, Dia dos Mortos, fantasmas... Tinha alguma coisa acontecendo, alguma coisa que eu estava insistindo em ignorar.”

A história parece simples, mas vai se complicando à medida que assassinatos envolvendo um ritual macabro e bizarro vão surgindo na universidade. Madison tenta não dar importância a esses assuntos, mas eles a acabam atingindo de uma forma impactante e terrível. 

A única coisa de que não gostei na história é que Michael, o "mocinho", tem atitudes muito abusivas com a Madison e sinceramente espero que a autora melhore isso nos próximos livros porque não há carinha bonita que segure um relacionamento abusivo. 

Não sei quando sairá o próximo volume da série (que já tem 5 volumes na Argentina!), mas espero que a editora Planeta os publique logo e continue com o ótimo trabalho de revisão e diagramação que fizeram. Estou ansiosa pelo próximo e recomendo demais esse! 


Um Comentário

  1. Nunca li nada dessa autora na verdade não sabia nem dessa escritora mas o livro parece assim é interessante como gosto de livros de fantasia acho que eu vou tentar aderir a essa leitura Mas não prometo nada até porque a sinopse foi interessante mas um pouquinho clichê

    ResponderExcluir