Assisti-lo dia após dia era tudo o que me restava, a distância tanto em milhas quanto em grau não me deixava esquecer o quão impossível ele era para mim, ao menos era o que eu pensava até o destino me provar o contrário.

Setembro de 1988...
O pôr-do-sol ao longe no horizonte me mostrava que o programa já estava perto de começar, assisti-lo todas as noites era meu motivo para acordar todos os dias, o acompanhei desde o inicio e ele se tornou um orgulho para mim, uma inspiração, algo que talvez eu nunca me torne, já sei que meu destino é acabar numa velha casa no campo repleta de gatos e plantas, sozinha sentada na varanda apenas observando o dia passar, triste eu sei, mas é o que meu destino me reserva. De tola entrei em casa e liguei a TV na intenção de repetir o meu ritual diário favorito, assisti-lo, ingênua não pude perceber que naquela noite minha vida mudaria por completo.

O sol já se punha a tempos e a lua reluzia lá no alto como uma lampada acessa no horizonte, a TV só passava longos e repetidos comerciais e ele não aparecia comecei a ficar nervosa e preocupada o que será que havia acontecido, porque ele não aparecia? Porque eles não falavam nada sobre ele? Era como se ele nunca tivesse existido para eles, assustada me levantei e sai, sem rumo e sem direção com apenas uma coisa na cabeça...precisava encontra-lo.

De malas feitas e sem nenhum bilhete de despedida tomei o primeiro trem para Boston na esperança de vê-lo ao menos uma ultima vez, as longas horas de viagem serviram somente para e deixar mais inquieta e preocupada com o que pudera acontecer...mas fora em vão, cada tostão gastado, cada milha percorrida, cada hora de sono perdida fora em vão. Ele não estava em Boston. Ninguém sabia onde ele estava, ele simplesmente havia sumido literalmente do dia para noite, triste e sem entender o que havia acontecido apenas peguei de volta o primeiro trem a fim de voltar para minha inútil e triste vida sem ele, mas ao colocar a mala na varanda me deparei com ele, parado a me olhar.

- O que faz aqui? - Perguntei assustada.

- Vim te ver, estava com saudades de casa. - me respondeu sorridente, ele não mudara nada nesses últimos anos, mantera as feições de criança, aquelas as quais tanto me apeguei.

- Mas e o programa? E a sua vida em Boston? - Ele estava na minha varanda novamente, meu coração batia tão forte que eu sentia como se fosse explodir a qualquer momento, uma vontade louca de abraca-lo me invadia mais e mais, não imagina quanto tempo ainda aguentaria.

- Para mim não dá mais, eu sinto muita falta de casa, sinto muita falta de você, tudo isso não é nada sem você, então eu apenas larguei tudo e vim embora.

- Simplesmente desistiu de tudo pelo qual lutou sua vida toda? - eu precisava saber, acompanhei ele esse tempo todo sei o quão difícil foi sua jornada, não ia deixa-lo desistir por mais que o queresse do meu lado para sempre.

- Não pequena, aquele foi meu ultimo ato, em Boston, quero recomeçar aqui e com você, durante todos esses anos eu pensei em você, lembrei dos nossos momentos e senti muito sua saudade, sabia que mesmo a distancia você cuidaria e torceria por mim e percebi então que já estava na hora de voltar, o que me diz vamos viver? Viver nosso felizes para sempre?


Oi gente! Hoje é dia de resenha e das boas!



Título: A Eternidade Numa Hora
Autor: Rubem Alves
Editora: Planeta
Páginas: 
Gênero: Filosofia, bem-estar
Skoob


Três grandes obras de Rubem Alves reunidas em um só volume Coletânea de três outros livros de Rubem Alves, todos inspirados na poesia do inglês Willian Blake, A eternidade numa hora reúne crônicas que permitirão ao leitor o mais profundo contato com o que a prosa desse grande escritor brasileiro revela. Com Um mundo num grão de areia, O céu numa flor silvestre e O infinito na palma da sua mão reunidos em uma única edição, será possível compreender o quão sublime e magnífico é o mundo, a riqueza e infinitude do universo humano e toda a beleza divina – manifestada nas artes, na natureza e nas descobertas humanas – são os temas das crônicas aqui reunidas. Tocar o infinito, viajar pelo mundo irrevelado que habita cada ser humano como um minúsculo grão de areia e contemplar a beleza que as palavras de Rubem Alves capturam. Seu olhar certamente estará transformado ao final da leitura deste livro.



Hi guys! Faz tempo que não trago ilustrações aqui para vocês, né? Navegando por ai encontrei pôsteres de séries famosas que foram transformadas em ilustrações pelo artista Toshib Bagde . Achei que ficaram com um "ar" mangá, muito fofas! E gostei mais do "Flash". E vocês??


Olá pessoal! Essa semana publiquei a resenha de How I Met Your Mother no Estante 450, e fiquei analisando a complexidade de cada personagem da série. Todos eles são muito marcantes com seus defeitos e qualidades, e acho que isso é o que torna a série tão boa, eles são humanos como nós 💓

imagem: Revista Pólen


Me perco em pensamentos mais uma vez, faz bem de certa forma, posso entrar num mundo meu e esquecer tudo que está acontecendo, ignorar por completo. Lembro do primeiro dia onde tudo fora tão simples, sem rancor, sem magoa, só palavras bonitas de amor, palavras. Acreditar que poderia ter dado certo foi um erro, depois de tudo que aconteceu, sabíamos que era apenas uma questão de tempo e que o fim não tardaria, mesmo assim, me deixei levar e flutuei por entre suas nuvens, no fundo eu fui completamente errada em me deixar levar, sabendo qual seria o resultado.

Sou despertada de meus devaneios pela minha realidade, a solidão. Sozinha num mundo egoísta e hipócrita, meio sensacionalista eu sei, mas não passa da minha mera opinião. Acho engraçado o dom que as pessoas tem de piorar tudo quando já se estar pior e apesar de muitos chamarem isso de provação, eu creio que sempre vem na hora errada. Me desculpe, mas é o que acho. Certa vez me disseram que tudo tem seu tempo, eu não discordo, mas não acho justo certos minutos.

Ter em mente que se está só faz com que eu me entregue a escuridão, deixo ela me embalar e me levar daqui, talvez possa aliviar a dor, a magoa, a tristeza, talvez só aumente tudo isso, mas ela é o que me resta, então a deixo me guiar, se há uma luz no fim eu não sei, não há como saber, meu olho estão vendados pela dor em um nó triplo sem a menor intenção de soltar, talvez não deva, acho melhor eu permanecer cega para o mundo, posso evitar muita coisa assim.

Minha realidade no fim é outra, e olhar em volta e ver que nada lhe pertence, que tudo se fora, que tudo mudou, que amar vai muito alem de palavras bonitas, e que quando se entrega ao amor, você está sujeito a se magoar, e tem que ser firme para arcar com as consequências. O que parece um fim pode ser apenas um recomeço, uma nova chance, mas não se empolgue com ela ser com a mesma pessoa, vai entender o que o futuro reserva. Mas é preciso ter os pés no chão.

Chão, no momento ele não existe, mas vou reconstruí-lo, ainda não sei como mas sei que vou, tudo leva seu tempo, e não dua para sempre, "para sempre" outras meras palavras, sem firmeza e sem valor, "valor" esse que se perdeu, como tudo na verdade, mas lamentar não muda o fato, se torna apenas mais um ato, de dor, de magoa, de tristeza, um ato de incerteza e de solidão. Abrace a escuridão e deixe ela guiar a cegueira de dor, nesse mundo completamente se amor.


Olá minha gente! Não é novidade para ninguém que acompanha o blog que a Editora Illuminare abre portas para novos autores e está sempre envolvida em projetos que incentivam a leitura e a Literatura Nacional! E dessa vez não vai ser diferente, a editora marcará presença na 4ª Feira do Livro em Buenos Aires.


Olá pessoal!
Sou o tipo de pessoa que sempre tende a gostar mais do vilão do filme do que o herói, isso porque cada um tem uma personalidade única e muito marcante, todos são muito diferentes, e convenhamos, os heróis sempre seguem um certo padrão, enquanto os vilões, cada um é único.
Aqui vai alguns dos meus vilões preferidos:
imagem: Cinema Blend







Hey cupcakes! Hoje é dia de lançar uma promoção no blog,  de Fim de Ano para deixar um gostinho mais literário para vocês, então, o blog Interrupted Dreamer se juntou com mais alguns blogs para fazer um sorteio recheadinho para vocês ou ainda para presentear aquela pessoa especial. Que tal?

Regras



  • As inscrições para o sorteio terão início no dia 03/11/2017 e terminarão às 23:59 do dia 15/12/2017.




    • Os participantes devem ter um endereço de entrega válido em território nacional.




      • Os participantes devem preencher todas as regras obrigatórias do formulário Rafflecopter. 




        • Quando todas as regras obrigatórias forem preenchidas, o formulário Rafflecopter irá abrir as regras opcionais, ou seja, você preenche SE quiser e QUANTAS opções quiser. Quanto mais opções preencher, maiores são as chances de ganhar.




          • O sorteio será realizado no dia 17/12/2017 e os vencedores serão anunciados  no máximo até o dia 23/12/2017 por isso fique atento ao Facebook e ao e-mail.




            • Os vencedores terão 48 horas para responder o email ou contato no Facebook. Se não houver resposta, outro sorteio será realizado.


            • Cada blogueiro e autor terão até 45 dias úteis para enviar o seu respectivo prêmio aos ganhadores.  - - Os participantes ficam cientes, no momento da inscrição, que os prêmios serão enviados por pessoas diferentes e em dias diferentes. Sendo assim, o recebimento de todos os prêmios não será no mesmo dia, e sim ao longo dos 45 dias úteis estipulados acima.
               


            • Os blogueiros e autores não se responsabilizam por extravios, danos e perdas por parte dos Correios. 



            • Kit 01
              Participantes: Estante da Josy - Fabiane Zambelli (Autora) - Virando Amor - Dose de Poesia - ReArteculando - Saleta de Leitura





              a Rafflecopter giveaway



              Kit 02
              Participantes: Coisas da Juu - AriaBooks - Lendo e Apreciando - Primeiras Impressões - Juntando as Páginas - Bela Quimera






              a Rafflecopter giveaway

              Kit 03
              Participantes: Bela Quimera - Conta-se um livro - Leituras da Mary - Le Café Rouge - Pétalas de Liberdade





              a Rafflecopter giveaway


              Então, participem, galera , promoção pra vocês ??
               E boa sorte!



              Hoje tem sorteio no ar! Lembrando que não é válido para o Top Comentarista e que o resultado do mesmo sai amanhã!



              Em comemoração ao aniversário do blog Leituras da Mary, organizamos um sorteio mega especial para os amantes de romances de época e históricos. Confira e participe!!

              Fique ligadinho no blog e nas redes sociais, pois teremos muitas novidades, dicas, resenhas, tags e várias outras coisas relacionadas à esse universo de época que tanto amamos.





              Olá pessoal!
               
              Hoje vamos falar de um serviço streaming que é concorrente da Netflix, a Amazon Prime Video.
               
              A partir de ontem o programa passou a cobra a mensalidade em reais (até então a cobrança era feita em dólares), e o melhor de tudo é o preço super em conta, você paga apenas R$7,90 nos primeiros seis meses, depois o preço sobe para R$14,90, um preço bem abaixo do normal.
               
              imagem:VS Battle Wiki
               
               O catálogo conta com séries como "Mr. Robot" e "Seinfiel" e também com títulos originais com "American Gods" e "The Tick".
               
              O Amazon Prime Video pode ser acessado pelo navegador ou em smartphones e tablets Android e iOS, Smart TVs da LG e da Samsung, pelo PlayStation 4 e pelo Xbox One.
               
              O que acharam do serviço? Eu me mantenho fiel à Netflix por conta de seus títulos originais, mas a Amazon Prime Video é uma ótima opção!
               
              *Com informações de Olhar Digital