Olá leitores! Última segunda do ano... Com resenha da editora que ajudou e muito a melhorar os conteúdos literários do blog, a Novo Conceito, c!aro. "Neve na primavera" foi um dos lançamentos que mexeu com a galera. E como recebi mais um livro da autora esse mês, imaginem minha ansiedade! 


  • Seattle, 1933. Vera Ray dá um beijo no pequeno Daniel e, mesmo contrariada, sai para trabalhar. Ela odeia o turno da noite, mas o emprego de camareira no hotel garante o sustento de seu filho. Na manhã seguinte, o dia 2 de maio, uma nevasca desaba sobre a cidade. Vera se apressa para chegar em casa antes de Daniel acordar, mas encontra vazia a cama do menino. O ursinho de pelúcia está jogado na rua, esquecido sobre a neve. Na Seattle do nosso tempo, a repórter Claire Aldridge é despertada por uma tempestade de neve fora de época. O dia é 2 de maio. Designada para escrever sobre esse fenômeno, que acontece pela segunda vez em setenta anos, Claire se interessa pelo caso do desaparecimento de Daniel Ray, que permanece sem solução, e promete a si mesma chegar à verdade. Ela descobrirá, também, que está mais próxima de Vera do que imaginava.


Oi gente! Ainda sem computador, logo agora que minhas esperadas férias chegaram e posso colocar tudo em dia. A resenha de hoje é de uma das obras da best seller Cecelia. Eu nunca tinha lido nada dela e posso dizer que superou minhas expectativas. Vamos lá:



Título: A Lista
Autor: Cecelia Ahern
Editora: Novo Conceito
Número de Páginas: 384
Ano de Publicação: 2015

Skoob: Adicione
Compare e Compre: Amazon  ♦ Casas Bahia ♦ Livraria da Folha






Olááa!

O Natal já está aí, você acordando agora e já está faminto esperando a janta de ontem virar o almoço de hoje e como já é tradição nessa época do ano a televisão passam os mais divertidos e nostálgicos filmes de natal.

Depois do almoço você está aí de bobeira e eis que liga a televisão e o que está passando? O Grinch! Esqueceram de mim! Ou algum filme parecido. Como toda boa tradição eu não podia deixar de mencionar os filmes de natal que eu mais gosto de assistir.




Hey pessoal,
Eu vim hoje compartilhar com vocês um jogo que me deixou viciada, eu simplesmente não consigo parar de jogar ele, na verdade eu dei uma pausa porque uma fase ta quebrando a minha cabeça, mas espero conseguir passar por ela em breve. O jogo se chama Mr. Square, e não se deixe enganar pela aparência fofa e inofensiva dele.


Olááá! 
Hoje teremos um TOP diferente! Não sei se isso já aconteceu com você, mas sabe quando você assiste aquele super filme e no momento que vai procurar mais sobre ele e acaba descobrindo que na verdade foi inspirado em um livro? Pois bem, no post de hoje eu mostro cinco filmes que acabou por ser uma revelação bombástica para mim. 

Começarei pelos filmes mais infantis e depois vou para os mais adultos. Lembrando que não li nenhum dos livros que cito aqui, apenas assisti aos filmes.



Oi gente! Como anunciei por vários dias, a Editora Illuminare promoveu um evento aqui no Rio para lançar as últimas Antologias desse ano. Eu participei do livro "Contos e reencontros - Cuentos LatinoAmericanos" e foi um prazer. Conheci muitos autores que já estão na estrada há algum tempo e alguns que estão dando seus primeiros passos como eu. Trouxe o registro em fotos para vocês:



Hey pessoal!

Para quem estuda línguas sabe que muitas vezes algumas palavras simplesmente não podem ser traduzidas ou explicadas, ela simplesmente é o que é, como o caso de saudade, que em inglês não existe tal palavras, ou o cafuné brasileiro, pensando nisso e que as vezes as imagens valem mais do que as palavras, a lustradora britânica Marija Tiurina resolveu criar uma série de ilustrações explicando algumas dessas palavras "intraduzíveis".

Os desenhos são lindos e expressão muito bem essas palavras que são sentimentos e situações que são quase impossíveis de explicar, mas que a artista conseguiu captar sua essência e passar de uma fora muita bonita e sincera para esses desenhos incríveis. Aqui vão alguns deles.


Olá hoje é dia de resenha literária. "Dez coisas que aprendi sobre o amor" foi um dos lançamentos de outubro da Editora Novo Conceito. A leitura do livro foi um pouco difícil para mim, apesar de achar a história bem interessante. Vamos lá:

Título Original: Ten things I've learnt about love.
Editora: Novo Conceito
ISBN: 9788581637778
Ano: 2015
Páginas: 256
Skoob

Por quase 30 anos, quando a brisa de Londres torna-se mais quente, Daniel caminha pelas margens do Tâmisa e senta-se em um banco. Entre as mãos, tem uma folha de papel e um envelope em que escreve apenas um nome, sempre o mesmo. Ele lista também algumas coisas: os desejos e o que gostaria de falar para sua filha, que ele nunca conheceu. Alice tem 30 anos e sente-se mais feliz longe de casa, sob um céu estrelado, rodeada pela imensidão do horizonte, em vez de segura entre quatro paredes. Londres está cheia de memórias de sua mãe que se fora muito cedo, deixando-a com uma família que ela não parece fazer parte. Agora, Alice está de volta porque seu pai está morrendo. Ela só pode dar-lhe um último adeus. Alice e Daniel parecem não ter nada em comum, exceto o amor pelas estrelas, cores e mirtilos. Mas, acima de tudo, o hábito de fazer listas de dez coisas que os tornam tristes ou felizes. O amor está em todas as partes desta história. Suas consequências também. Sejam boas ou más. Até que ponto uma mentira pode ser melhor do que a verdade?


Olá pessoas!
Eu amo assistir seriados e filmes, amo também a decoração e os apartamentos/casas dos protagonistas e foi foi isso que tive essa inspiração e mostrar para vocês algumas das plantas dos apartamentos dos seriados mais famosos.

Eu amo esse apartamento gente!  Gosto da ideia do closet ir direto para o banheiro


Hey pessoal!

Sabe aquele ditado “Não julgue um livro pela capa”, pois é, nós leitores tentamos ao máximo não fazer isso, mas errar é humano e algumas vezes acabamos mesmo julgando uma história por sua capa, e com isso podemos nos surpreender ou até decepcionar, mas uma coisa importante é que a capa é uma coisa essencial em um livro, é com ela, e o título também, que vamos começar a conquistar um leitor, antes de ler a sinopse de um livro nos interessamos por ele pela capa e seu título. Pensando sobre isso, resolvi escolher e compartilhar com vocês as capas que eu acho mais bonitas da minha estante.


Olááá, estamos na reta final das resenhas do Oscar que passou e ainda falta alguns filmes para eu assistir, mas não tem problema. Queria conseguir assistir tudo e poder dar minha opinião na hora do Oscar e poder torcer com mais afinco, mas acredito que com os filmes que assisti eu já consigo isso. 

Indicado em 8 categorias: melhor filme, ator, diretor, atriz coadjuvante, roteiro adaptado, montagem, trilha sonora e design de produção. Benedict Cumberbatch é nosso protagonista Alan Turing, com um jeito peculiar ele é uma pessoa cheia de medos, preocupações e problemas que vão muito além da Segunda Guerra Mundial. Joan Clarke é Keira Knightley, ela consegue deixar o filme mais leve e com uma certa graciosidade.