Olá leitores! Última segunda do ano... Com resenha da editora que ajudou e muito a melhorar os conteúdos literários do blog, a Novo Conceito, c!aro. "Neve na primavera" foi um dos lançamentos que mexeu com a galera. E como recebi mais um livro da autora esse mês, imaginem minha ansiedade! 


  • Seattle, 1933. Vera Ray dá um beijo no pequeno Daniel e, mesmo contrariada, sai para trabalhar. Ela odeia o turno da noite, mas o emprego de camareira no hotel garante o sustento de seu filho. Na manhã seguinte, o dia 2 de maio, uma nevasca desaba sobre a cidade. Vera se apressa para chegar em casa antes de Daniel acordar, mas encontra vazia a cama do menino. O ursinho de pelúcia está jogado na rua, esquecido sobre a neve. Na Seattle do nosso tempo, a repórter Claire Aldridge é despertada por uma tempestade de neve fora de época. O dia é 2 de maio. Designada para escrever sobre esse fenômeno, que acontece pela segunda vez em setenta anos, Claire se interessa pelo caso do desaparecimento de Daniel Ray, que permanece sem solução, e promete a si mesma chegar à verdade. Ela descobrirá, também, que está mais próxima de Vera do que imaginava.


Oi gente! Ainda sem computador, logo agora que minhas esperadas férias chegaram e posso colocar tudo em dia. A resenha de hoje é de uma das obras da best seller Cecelia. Eu nunca tinha lido nada dela e posso dizer que superou minhas expectativas. Vamos lá:



Título: A Lista
Autor: Cecelia Ahern
Editora: Novo Conceito
Número de Páginas: 384
Ano de Publicação: 2015

Skoob: Adicione
Compare e Compre: Amazon  ♦ Casas Bahia ♦ Livraria da Folha






Olááa!

O Natal já está aí, você acordando agora e já está faminto esperando a janta de ontem virar o almoço de hoje e como já é tradição nessa época do ano a televisão passam os mais divertidos e nostálgicos filmes de natal.

Depois do almoço você está aí de bobeira e eis que liga a televisão e o que está passando? O Grinch! Esqueceram de mim! Ou algum filme parecido. Como toda boa tradição eu não podia deixar de mencionar os filmes de natal que eu mais gosto de assistir.




Hey pessoal,
Eu vim hoje compartilhar com vocês um jogo que me deixou viciada, eu simplesmente não consigo parar de jogar ele, na verdade eu dei uma pausa porque uma fase ta quebrando a minha cabeça, mas espero conseguir passar por ela em breve. O jogo se chama Mr. Square, e não se deixe enganar pela aparência fofa e inofensiva dele.


Olááá! 
Hoje teremos um TOP diferente! Não sei se isso já aconteceu com você, mas sabe quando você assiste aquele super filme e no momento que vai procurar mais sobre ele e acaba descobrindo que na verdade foi inspirado em um livro? Pois bem, no post de hoje eu mostro cinco filmes que acabou por ser uma revelação bombástica para mim. 

Começarei pelos filmes mais infantis e depois vou para os mais adultos. Lembrando que não li nenhum dos livros que cito aqui, apenas assisti aos filmes.



Oi gente! Como anunciei por vários dias, a Editora Illuminare promoveu um evento aqui no Rio para lançar as últimas Antologias desse ano. Eu participei do livro "Contos e reencontros - Cuentos LatinoAmericanos" e foi um prazer. Conheci muitos autores que já estão na estrada há algum tempo e alguns que estão dando seus primeiros passos como eu. Trouxe o registro em fotos para vocês:



Hey pessoal!

Para quem estuda línguas sabe que muitas vezes algumas palavras simplesmente não podem ser traduzidas ou explicadas, ela simplesmente é o que é, como o caso de saudade, que em inglês não existe tal palavras, ou o cafuné brasileiro, pensando nisso e que as vezes as imagens valem mais do que as palavras, a lustradora britânica Marija Tiurina resolveu criar uma série de ilustrações explicando algumas dessas palavras "intraduzíveis".

Os desenhos são lindos e expressão muito bem essas palavras que são sentimentos e situações que são quase impossíveis de explicar, mas que a artista conseguiu captar sua essência e passar de uma fora muita bonita e sincera para esses desenhos incríveis. Aqui vão alguns deles.


Olá hoje é dia de resenha literária. "Dez coisas que aprendi sobre o amor" foi um dos lançamentos de outubro da Editora Novo Conceito. A leitura do livro foi um pouco difícil para mim, apesar de achar a história bem interessante. Vamos lá:

Título Original: Ten things I've learnt about love.
Editora: Novo Conceito
ISBN: 9788581637778
Ano: 2015
Páginas: 256
Skoob

Por quase 30 anos, quando a brisa de Londres torna-se mais quente, Daniel caminha pelas margens do Tâmisa e senta-se em um banco. Entre as mãos, tem uma folha de papel e um envelope em que escreve apenas um nome, sempre o mesmo. Ele lista também algumas coisas: os desejos e o que gostaria de falar para sua filha, que ele nunca conheceu. Alice tem 30 anos e sente-se mais feliz longe de casa, sob um céu estrelado, rodeada pela imensidão do horizonte, em vez de segura entre quatro paredes. Londres está cheia de memórias de sua mãe que se fora muito cedo, deixando-a com uma família que ela não parece fazer parte. Agora, Alice está de volta porque seu pai está morrendo. Ela só pode dar-lhe um último adeus. Alice e Daniel parecem não ter nada em comum, exceto o amor pelas estrelas, cores e mirtilos. Mas, acima de tudo, o hábito de fazer listas de dez coisas que os tornam tristes ou felizes. O amor está em todas as partes desta história. Suas consequências também. Sejam boas ou más. Até que ponto uma mentira pode ser melhor do que a verdade?


Olá pessoas!
Eu amo assistir seriados e filmes, amo também a decoração e os apartamentos/casas dos protagonistas e foi foi isso que tive essa inspiração e mostrar para vocês algumas das plantas dos apartamentos dos seriados mais famosos.

Eu amo esse apartamento gente!  Gosto da ideia do closet ir direto para o banheiro


Hey pessoal!

Sabe aquele ditado “Não julgue um livro pela capa”, pois é, nós leitores tentamos ao máximo não fazer isso, mas errar é humano e algumas vezes acabamos mesmo julgando uma história por sua capa, e com isso podemos nos surpreender ou até decepcionar, mas uma coisa importante é que a capa é uma coisa essencial em um livro, é com ela, e o título também, que vamos começar a conquistar um leitor, antes de ler a sinopse de um livro nos interessamos por ele pela capa e seu título. Pensando sobre isso, resolvi escolher e compartilhar com vocês as capas que eu acho mais bonitas da minha estante.


Olááá, estamos na reta final das resenhas do Oscar que passou e ainda falta alguns filmes para eu assistir, mas não tem problema. Queria conseguir assistir tudo e poder dar minha opinião na hora do Oscar e poder torcer com mais afinco, mas acredito que com os filmes que assisti eu já consigo isso. 

Indicado em 8 categorias: melhor filme, ator, diretor, atriz coadjuvante, roteiro adaptado, montagem, trilha sonora e design de produção. Benedict Cumberbatch é nosso protagonista Alan Turing, com um jeito peculiar ele é uma pessoa cheia de medos, preocupações e problemas que vão muito além da Segunda Guerra Mundial. Joan Clarke é Keira Knightley, ela consegue deixar o filme mais leve e com uma certa graciosidade.


Hey pessoal!

Hoje eu trouxe umas dicas de filmes que tem a temática leitura/escritor/livros. Eu não vi muitos filmes com essa temática, pode ser que eu não tenha procurado direito ou que eles sejam escassos, mas as dicas que trouxe aqui para vocês são de filmes bem legais dessa temática, que eu gostei e me diverti vendo!

A Família Flynn (Being Flynn) 2012


Olááá
Bom, posso começar dizendo que eu AMEI esse filme? Beleza, feito! Whiplash foi indicado em 5 categorias: melhor filme, ator coadjuvante, roteiro adaptado, montagem e mixagem de som. Acabou a noite ganhando 3 categorias: Ator coadjuvante, edição e mixagem de som \o/


O filme trás a história de Andrew, Miles Teller (Divergente e O Espetacular Agora) um jovem baterista obcecado pelo seu sonho de ser o melhor e maior baterista do mundo. Ele quer mais que tudo na vida, ser lembrado por anos e anos e ter seu nome marcado assim como o Buddy Rich, seu maior ídolo. Andrew estuda na melhor escola de música dos EUA, a Shaffer. Por eventualidades do destino, ele é chamado para entrar na orquestra principal da escola e passa a ter o inconstante Terence Fletcher , J. K. Simmons, como professor. 


Oi gente! De volta com resenha de filme hoje, "Evereste" foi um dos últimos que assisti no cinema. Muitas histórias pairam sobre as escaladas ao monte e dessa vez, um caso de 1996 nos é relatado. Com nomes conhecidos como Jason Clarke, Jake Gyllenhaal e Keira Knightley o longa nos deixa tensionados em grande parte e gritando com alguns personagens teimosos. 




No ano de 1996, dois grupos de alpinistas liderados por Rob (Jason Clarke) e Scott (Jake Gyllenhaal) se unem na tentativa de escalar o monte Everest, mas uma grande nevasca coloca a vida de todos em risco. Com a esposa grávida (Keira Knightley), Rob é menos aventureiro que Scott, se preocupando com a segurança dos membros de sua equipe. Ele lutará bastante para tentar proteger a todos.


Hey pessoal!
Hoje vim falar de um app que mudou minha vida pra melhor. É o GoKeep, ele é um aplicativo da Google que serve para organização de tarefas, e eu simplesmente AMEI esse app, além de uma interface simples de utilizar, a organização dele também é ótima, ele está disponível em duas versões para celular ou no desktop, basta você ter uma conta no gmail e pode acessá-lo de qualquer lugar.


Olá olá!
O filme tratado hoje é o comovente A Teoria de Tudo. O filme é adaptado do livro A Teoria de Tudo, escrito pela primeira esposa de Stephen Hawking, Jane Hawking. Como no livro temos a versão dela, a adaptação tem o lado mais romantizado da história de vida deles. Lembre-se: na época que vi o filme eu ainda não tinha lido o livro, então essa é apenas minha visão do filme.




Olá meus amores!!! A novidade de hoje me deixou muito feliz esses dias. A Editora Illuminare preparou uma tarde literária aqui no Rio, para lançar as últimas antologias publicadas. Como sabem, tive um conto selecionado na antologia bilingue "Contos e Reencontros - Cuentos LatinoAmericanos" e irei como autora (yeeeeeeep!). Trouxe o link do evento no facebook e claro, o convite a todos. Quem é do Rio está intimado e quem não é mas estiver por aqui no dia 12/12 só dar uma passada pela Biblioteca Parque Estadual, no Centro.


Olá amores! Mais livro de parceria. Dessa vez eu finalmente devorei "A playlist de Hayden". Esperei muito por sua chegada (desde julho para ser precisa), estava com as expectativas lá em cima e em grande parte não me decepcionei. Vamos lá:



Depois da morte de seu amigo, Sam parece um fantasma vagando pelos corredores da escola o que não é muito diferente de antes. Ele sabe que tem que aceitar o que Hayden fez, mas se culpa pelo que aconteceu e não consegue mudar o que sente Enquanto ouve música por música da lista deixada por Hayden, Sam tenta descobrir o que exatamente aconteceu naquela noite. E, quanto mais ele ouve e reflete sobre o passado, mais segredos descobre sobre seu amigo e sobre a vida que ele levava. A PLAYLIST DE HAYDEN é uma história inquietante sobre perda, raiva, superação e bullying. Acima de tudo, sobre encontrar esperança quando essa parte parece ser a mais difícil.

Título Original: Playlist for the dead
Editora: Novo Conceito
Número de páginas: 288
I.S.B.N: 9788581637044
Compare & CompreSaraiva • Submarino • Amazon


Hey pessoal!
Eu sou a Amanda do blog Pequenos Vícios e fui convidada pela fofa da Ju para escrever aqui no blog, fiquei muito feliz com o convite. Meus posts vão ser um pouco variados, com dicas de livros, aplicativos e o que mais eu achar legal para mostrar pra vocês e que acrescente coisas boas para o blog da Ju. Para o primeiro post eu trouxe dicas de livros que eu li em um dia, acho que são livros muito bons para ler naquela temida ressaca literária, ou num dia que você quer se dedicar exclusivamente à leitura. Vamos lá!


Olááá! 
Para sempre Alice, é um filme baseado no livro de mesmo nome da autora Lisa Genova. O filme concorre em apenas uma categoria, com a nossa protagonista Julianne Moore como melhor atriz. Como o tempo é curto, ainda não deu tempo de ler o livro, mas depois de assistir ao filme pretendo MUITO ler esse livro. Deve ser espetacular. O filme não deixou a desejar, eu gostei muito do enredo e do rumo que a história tomou. 




Oláá! Hoje é dia de mais uma novidade. Me considero parceira dessa querida autora independente desde metade do ano, mas ainda não tinha tido tempo de apresentá-la para vocês, que pecado. Então, trouxe um pouco de quem é a Bianca Sousa e suas novidades. Vamos lá:

Bianca Sousa, é escritora de New Adult, Fantasia e Romance. Participou da coletânea "A arte de enganar o Google" publicado pela editora Terracota em 2013. Em janeiro de 2014 publicou o conto solo “O dia que o Sol não nasceu”. E em abril de 2014 estreou como romancista com o livro “Eterna: o som do amor”.Casada, viciada em séries e chocolate, gosta de histórias que a fazem chorar, mas adora rir também.  Do Rock à música clássica, aprendeu a “dançar conforme à música”. Não à toa, tem uma vida agitada como qualquer paulistana, mas não abre mão de um fim de semana sossegado na companhia de seus dois cachorros e um gato danado.


Oi gente! Quando a Novo Conceito anunciou os lançamentos de outubro, grande parte das expectativas giraram em torna de "A menina da neve", seja pela capa ou pela premissa da obra. Infelizmente eu não receberei o livro esse mês, mas a editora mandou um livreto para me deixar mais  curiosa e hoje eu quero dividir com vocês.


 Alasca, 1920: um lugar especialmente difícil para os recém-chegados Jack e Mabel. Sem filhos, eles estão se afastando cada vez mais um do outro. Em um dos raros momentos juntos, durante a primeira nevasca da temporada, eles constroem uma criança feita de neve. Na manhã seguinte, a criança de neve some. Dias depois, eles avistam uma criança loira correndo por entre as árvores. Uma menina que parece não ser de verdade, acompanhada de uma raposa vermelha e que, de alguma formam consegue sobreviver sozinha no frio e rigoroso inverno do Alasca. Enquanto Jack e Mabel se esforçam para entender esta criança que parece saída das páginas de um conto de fadas, eles começam a amá-la como se fosse sua própria filha. No entanto, nesse lugar bonito e sombrio, as coisas raramente são como aparentam, e o que eles aprenderão sobre essa misteriosa menina irá transformar a vida de todos.


Oi gente! Passei por uma cirurgia nos olhos e durante alguns dias ficarei bem quietinha em casa. Isso ajuda para organizar o blog, uma hora ou outra, claro, porque preciso de repouso. Pois bem, hoje é dia de resumo do mês mais o tão aguardado resultado do top comentarista.


Oláá! 
Mais um filme para a série Oscar! O filme de hoje nem é tão novo, na verdade ele tem 12 anos de vida, porém só no ano de 2014 foi concluído. Boyhood tem 6 indicações: melhor filme, melhor diretor, ator e atriz coadjuvante, roteiro original e montagem. 

O Diretor Richard Linklater passou 12 longos anos acompanhando a vida do protagonista Mason, interpretado por Ellar Coltrane, desde os 5 anos até os 18 anos. No filme então temos Patricia Arquette (que vive a mãe do menino), Lorelei Linklater (irmã de Mason no filme e filha do diretor na realidade) e Ethan Hawke (pai das crianças). O filme tem 2h45min de duração, é um filme bem longo e acredito que seja o suficiente para mostrar um filme de 12 anos.




Oi gente! Já sabem que a Editora Illuminare é cheia de novidades, vivo falando isso aqui. Hoje é dia de falar de uma quentinha: são os ebooks que já estão disponíveis na Amazon.



Os sucessos da Editora Illuminare na Amazon.com.br E-books de gêneros variados e com ótimo preço. Venha conhecer mais dos novos talentos brasileiros da literatura.


Olá Olá Olá! 
O filme de hoje conta conta com atores famosinhos: Channing Tatum, Steve Carell, Mark Ruffalo e tem Bennett Miller como diretor. Não entendi muito bem o motivo de não ter sido indicado a melhor filme, mas tudo bem. Apesar de contar com vários atores muito bons, o filme não levou nada para casa.



Oi gente! Hoje é dia de contar para vocês que renovei a parceria com a Editora Illuminare a autora Rô Mierling, que já fazem parte aqui do blog há quase um ano. Além disso, estão abertas as inscrições para novas publicações. Para quem não lembra, eu fui selecionada para uma antologia em Português e Espanhol pela editora e estou só aguardando o lançamento para contar tudo para vocês. É uma ótima oportunidade para começar e mais uma vez os contos são internacionais:



Olá! Aos poucos estou me organizando com os livros de parceria... E qual não foi a minha surpresa ao me deparar com a história linda de amor que "O álbum" nos apresenta. De início confesso que não estava com paciência, acreditei que era um livro muito meloso, já que relatava que toda sexta-feira, durante sessenta anos, um marido enviava cartões-postais para a amada. Não poderia estar mais enganada (de novo!).

Título Original:Forever Friday 
Editora: Novo Conceito
Número de Páginas: 237
Ano: 2015
I.S.B.N. 9788581637365
Skoob: Adicione
Compare e Compre: Amazon ♦ Americanas ♦ Extra ♦ Saraiva ♦Submarino ♦ Travessa

Livro cedido em parceria com a editora.


Para Adam, negociante de objetos usados, a casa de Gabe Alexander é apenas uma propriedade que será esvaziada e vendida pelo maior lance. Entretanto, em meio às prateleiras repletas de relíquias, um álbum antigo atrai sua atenção. Nele há cartões-postais amarelados pelo tempo, escritos ao longo de 60 anos. Intrigado, Adam começa a lê-los: eles estão cheios de frases românticas e delicadas, as provas do amor incondicional entre Gabe e Pearl Alexander. Gabe cuidava para que um cartão chegasse às mãos de Pearl todas as sextas-feiras. Cada um deles possui não apenas um poema, mas verdades preciosas sobre o cotidiano de um casal que viveu um sonho. A soma de todas essas verdades talvez responda perguntas que Adam se faz há muito tempo.


Olá pessoal, tudo bem?
A resenha de hoje é o filme "Caminhos da Floresta"! O musical da Disney conta com nomes famosos como de Meryl Streep, Johnny Depp, Emily Blunt, entre outros. E tem os estúdios Disney, como responsável, mas isso tudo não foi suficiente para levar estatuetas douradas para casa. 



Oi gente! 
Hoje eu resolvi iniciar um novo tipo de post falando não só de um filme, mas de sequências, trilogias e afins. Como é a primeira vez, nada melhor do que uma história de amor contada ao longo de 20 anos. Estou falando da trilogia dos "before", que vocês já devem ter escutado falar. Vamos lá?



Geeeente! Hoje é dia de dica do blog parceiro Falando Série! Vamos conferir:

Não é sempre que a dica e o blog formam um casal tão fofo. Mas, dessa vez, eles foram feitos um para o outro! O app TVShow Time é para aquelas pessoas super apaixonadas por séries de TV, que acompanham tantas séries que nem sabem direito mais quantas estão vendo. Além disso, ele também permite que seus usuários interajam entre si – fãs de GoT, OUAT, entre muitas outras séries, podem encontrar pessoas com gostos similares e conversar no chat do app sobre as últimas novidades de suas queridas séries. 

TVShow Time

O melhor de tudo (em minha opinião)? Ele é grátis.

Ao contrário de alguns sites que você tem limite para o número de séries que pode colocar no seu calendário quando não paga, o TVShow Time permite que você coloque quantas séries quiser na sua lista. E as séries não se restringem somente à TV americana, ainda que estas sejam maioria. Também tem uma “tag” para animação, o que conquistou imediatamente meu coração.

No que diz respeito às séries na sua lista, elas ficam organizadinhas, permitindo um gerenciamento melhor das mesmas. E do seu tempo, diga-se de passagem. O TVShow Time separa as suas séries em dois grupos (as ‘terminadas’ e as ‘continuadas’) com duas cores (verde, para as que você está em dia; amarelo, para as que você ainda está vendo). As que você ainda não começou a ver, mas já colocou na lista, ficam cinza e caem na categoria das ‘continuadas’. O app também te fala quantos episódios faltam para você acabar uma série (ex.: 13 episódios).

TVShow Time

Ademais, você não precisa ficar louco procurando ou calculando quando o próximo episódio do seu programa favorito sai – o app te envia uma notificação avisando. Uma notificação adorável, por sinal. Exemplo: “Alerta zumbie! Tem episódio novo de The Walking Dead!”.

Por fim, o TVShow Time ainda calcula quanto tempo você levou para assistir todas as suas séries (no meu caso, 7dias e 23 horas, se estiverem curiosos – e, sim, sou nova nesse mundo), possui uma interface bonitinhaa la Twitter e é bem fácil de usar.

Lado negativo... É, gente, a vida não é feita só de rosas... O app é pesadinho. Então, se seu celular não tem muito espaço livre, pode ser que o TVShow Time não funcione direito ou não funcione at all. Cuidado com isso, ok? Melhor ver os requerimentos do app antes de baixar. Não queremos nenhum celular travando por nossa causa. Nesse caso, pode usar o nosso calendário mesmo, que também é bom pra caramba! ;)

Então, resumindo:

Vantagens
+ Grátis.
+ Ótimo para organizar as séries.
+ Fácil de usar.
+ À princípio não tem limites para o número de títulos que você pode adicionar à sua lista.

Desvantagens
- O app é um pouco pesado e pode não funcionar bem se seu celular tem pouco espaço.


Bem, essa foi a Dica da Semana, espero que tenham gostado e que realmente deem uma checada no app, vale muito à pena.

Thaís Cabral - Estudante de Publicidade, pseudo-escritora, leitora compulsiva e chocólatra. Gosto de séries de TV (americanas e/ou britânicas), filmes e anime/mangá.


Olá olá olá! 
Se vocês estão bem lembrados, no começo do ano eu fiz uma maratona para os filmes do Oscar e acabei fazendo breves resumos deles por aqui. Então nas próximas semanas teremos as resenhas completas dos filmes. O filme de hoje então é Birdman! Indicado a 9 categorias na premiação. Foi o filme que levou várias estatuetas, inclusive a de melhor filme. 



Oi genteeee!! Hoje é dia de sequência literária. Quando a Novo Conceito anunciou os lançamentos de Setembro, não tive nem como pensar: uma das escolhas tinha que ser a continuação da história do Leran. Preparados?

Após deixar sua cidade natal, Leran está perdido em busca de uma pessoa que possa ajudar sua irmã Luana a controlar seus poderes. Enquanto foge de caçadores colocados em seu encalço, o arqueiro conhecerá novos lugares e aliados para sua jornada. Ao mesmo tempo, Tlavi, a jovem Estrela da Cura, tenta desvendar os mistérios de um criminoso capaz de erguer as forças das trevas no território pacificado do Reino Central. O caminho desses personagens está ligado pelo destino. Será que poderão lutar juntos para descobrir como vencer os novos inimigos? Conseguirá Luana despertar sua verdadeira força? Como Leran agirá diante da evolução dos poderes da irmã? É o que você vai descobrir em Supernova: A Estrela dos Mortos.
Ficha técnica 
Título: Supernova 2- A estrela dos mortos
Autor: Renan Carvalho
Editora: Novo Conceito
Páginas: 480
Gênero: Fantasia
ISBN:  9788581637914
Compre: Buscapé
Adicione: Skoob


Depois dos eventos do primeiro livro, somos transportados para fora de Acigam. E se eu disse na primeira resenha que você confere aqui que o Renan Carvalho conseguiu criar uma história maravilhosa, em "Supernova 2 - A estrela dos mortos" ele se superou. Somos apresentados a novos personagens e o fato da história ser ambientada em outro lugar tornou tudo com mais cara de recriação mesmo.  A editora, para variar, fez um ótimo trabalho de diagramação e tem umas ilustrações muito legais. Também adorei a capa, combinou com a do primeiro livro, só que roxo é minha cor favorita então... rs

"Loucura é um estado relativo. Os maiores revolucionários de nosso mundo também foram considerados loucos em algum momento."

Novamente a narração é dividida e por uma personagem feminina forte. Dessa vez é Tlavi, a Estrela da Cura, que foi enviada para Cimérium com a sua equipe para investigar as mortes estranhas que estão acontecendo e acaba descobrindo que não mortes comuns, há muita coisa por trás e que terá que lutar contra forças das trevas. Não dá para dar spoiler, mas é de chocar. Outro novo personagem que acredito que caiu no gosto dos leitores, é o Gueth irmão da Tlavi. Ele foi abandonado quando pequeno pela irmã e guarda uma tremenda mágoa dela. O que preocupa é que as estrelas tendem a mudar o comportamento ficando frias o que nos leva diretamente para Gueth e suas ações.


Lógico que não poderia faltar a narração do Leran, que está fugindo com a Luana desesperadamente. Juntos, eles são perseguidos ferozmente tentando chegar em Mabra para procurar por uma pessoa que poderá ajudá-la em relação ao seu poder de estrela. O ritmo e ação nessa continuação estão muito maiores do que no primeiro livro, com direito a muito sangue. Eu já disse aqui que não é meu gênero favorito, mas a escrita do Renan realmente me faz embarcar na história e torcer pelos personagens. Além, é claro da forte crítica contra o sistema. O livro traz muitas reflexões e um orgulho danado de ter um autor nacional no gênero.  #SuperNovaFilmeEuApoio #LeranRulles #GoRenanCarvalho


Espero que tenham gostado! Quem ai já conhecia mais esse belo trabalho da Novo Conceito?


Besos!


Genteee! Hoje é dia de divulgar os lançamentos da editora parceira. Outubro trouxe algumas novidades ótimas, vamos ver:



Como se Apaixonar, de Cecelia Ahern
“Momentos são preciosos; às vezes eles se demoram e, em outras ocasiões, são passageiros, mas, ainda assim, muito pode ser feito durante eles; você pode mudar de ideia, pode salvar uma vida e pode até se apaixonar.”
Depois de não conseguir evitar que um homem acabasse com a própria vida, Christine passa a refletir sobre o quanto é importante ser feliz. Por isso, ela desiste de seu casamento sem amor e aplica as técnicas aprendidas em livros de autoajuda para viver melhor. Adam não está em um momento muito bom, e a única saída que ele encontra para a solução de seus problemas é acabar com sua vida. Mas, para a sorte de Adam, Christine aparece para transformar sua existência, ou pelo menos tentar ajudá-lo. Ela tem duas semanas para fazer com que Adam reveja seus conceitos de felicidade. Será que ele vai voltar a se apaixonar pela própria vida?




Oi gente! Hoje a resenha é de uma obra bem diferente das minhas leituras de ultimamente. Mas posso dizer que entrou para a minha lista de melhores do ano. Desde que a Novo Conceito investiu na divulgação de "Eu te darei o sol", foi impossível não dar uma chance a uma trama que envolve tudo o que a gente gosta: drama familiar, mistério, romance, arte e ótimos diálogos.

Noah e Jude competem pela afeição dos pais, pela atenção do garoto que acabou de se mudar para o bairro e por uma vaga na melhor escola de arte da Califórnia. Mal-entendidos, ciúmes e uma perda trágica os separaram definitivamente. Trilhando caminhos distintos e vivendo no mesmo espaço, ambos lutam contra dilemas que não têm coragem de revelar a ninguém. Contado em perspectivas e tempos diferentes, “Eu te darei o sol” é o livro mais desconcertante de Jandy Nelson. As pessoas mais próximas de nós são as que mais têm o poder de nos machucar.